5 dicas essenciais para se manter produtivo na quarentena

Se ser produtivo no trabalho e nos estudos já tinha seus desafios, imagine agora que grande parte das pessoas estão em casa. Assim, a quarentena veio virando a nossa vida de cabeça para baixo em relação aos serviços e projetos planejados e em andamento. Por isso, muitas vezes nos perguntamos como será possível ter a mesma produtividade que tínhamos antes do isolamento social.

Mas calma, tudo tem solução. Dessa forma, selecionamos 5 dicas para você se manter produtivo mesmo na quarentena.

1. Siga uma rotina

Com certeza, antes de ficar em casa você tinha uma rotina. Então, crie uma nova de acordo com as suas demandas, levando em conta as mudanças que aconteceram devido à quarentena. Nesse cenário, se antes você estudava pela manhã, continue cultivando esse hábito. Caso sua escola/faculdade esteja parada, você pode utilizar esse período para aprender algo diferente.

Ao determinar um cronograma para seus compromissos, fica muito mais fácil não ser atingido pela ansiedade e medo de não conseguir fazer as coisas. Além disso, isso vai te ajudar a chegar à noite e ver que o dia rendeu. Esse sentimento é muito bom, não é?

2. Faça uma coisa por vez 

Ao ter mais tempo livre, é normal que queiramos fazer várias coisas que com a rotina normal não dava. No entanto, isso pode ser uma armadilha para a sua produtividade. Afinal, ao prestar atenção em vários assuntos, é fácil perder o foco e fazer as atividades pela metade.

Assim, ao estudar ou trabalhar procure concentrar-se apenas no que tem que fazer. Uma boa alternativa para não se dispersar, é abrir somente as abas necessárias para o seu trabalho ou apenas os portais de estudos que pretende usar.

3. Evite distrações

Com o distanciamento social, os relacionamentos ficaram ainda mais digitais. Assim, se já passávamos bastante tempo no celular, agora estamos muito mais conectados. Porém, isso pode ser um problema para quem pretende ser produtivo. Afinal, basta uma notificação para perder o foco e entrar no mundo sem fim das redes sociais.

Aqui, você pode fazer o uso da regra dos 20 segundos. Criada pelo escritor Shawn Achor, o método se baseia em criar dificuldades que demorem 20 segundos para termos atitudes que possam tirar nossa atenção. Assim, se você se vê tentado para dar aquela espiadinha no Instagram, desligue seu celular e coloque o aparelho em algum lugar da casa que demore em torno de 20 segundos para pegá-lo. Isso vai ajudar o seu cérebro a desistir da ideia pelo esforço necessário.

4. Procure conhecimento online

Com a internet, para aprender basta ter vontade. Assim, a internet é a melhor forma de se qualificar em meio a esse período de turbulências. Você pode fazer o uso do youtube, google e aplicativos para estudar algo novo ou relacionado à sua área. Essa é uma ótima forma de ocupar o tempo livre ou o tempo que você já utilizava antes para os estudos, se eles estiverem paralisados também.

A necessidade de ficar em casa fez com que alguns profissionais e instituições disponibilizassem seus conteúdos digitais gratuitamente para quem quisesse se aprimorar nesse tempo de quarentena. Para se ter uma noção da busca por esse tipo de conhecimento, segundo o Google Trends o termo “cursos gratuitos” triplicou desde o início do isolamento social.

Confira algumas plataformas que você pode encontrar treinamentos sem cobrança:

  • Udemy: Lá, é possível encontrar cursos dos mais variados temas.
  • Sebrae: O portal do Sebrae traz aulas voltadas ao mercado de trabalho e ao empreendedorismo.
  • Fundação Bradesco: O Banco Bradesco tem uma área online em que disponibiliza cursos que vão desde informática até desenvolvimento pessoal.
  • FGV: A faculdade oferece cursos sobre educação financeira.

As opções são muitas. Basta pesquisar para achar o que melhor combina com você.

5. Estabeleça pausas

A quarentena é como uma maratona, não adianta sair com toda a energia no ínicio e não chegar ao fim com tranquilidade. Assim, fazer pausas e ter momentos de lazer entre os compromissos é essencial. Afinal, ninguém é de ferro.

Nessa perspectiva, você pode estipular prazos de tempo de concentração 100% nas suas tarefa seguidos de um breve descanso. Essa é a filosofia da técnica pomodoro, muito famosa para quem busca produtividade. Além disso, aproveite o tempo livre para cuidar de si, o que muitas vezes na correria do dia a dia acaba sendo esquecido. Assim, planeje períodos para fazer o que você estiver com vontade, desde ficar um tempo com a família até não fazer nada.

Essa prática influencia diretamente nos resultados que você terá. Aposto que você já teve alguma tarefa que não conseguia resolver e, depois de um tempo fora do ambiente de trabalho, solucionou com muito mais facilidade. Isso é normal, de forma que nossa mente pensa melhor de um intervalo de calma e prazer.

Dessa maneira, é importante não se pressionar para deixar o trabalho fluir. Fazendo uma coisa de cada vez, com um planejamento estabelecido para o dia e com calma não há motivos para deixar a ansiedade e o caos tomarem conta. Lembre-se com frequência: você é quem manda nos seus pensamentos e ações. Então, para que pegar tão pesado?

Gostou da leitura? Então continue acompanhando nosso blog!